“Up and Above #2016”

“Como é a Romênia vista do alto”

Raluca Ion, publicado em Republica, 3 de janeiro de 2017

Durante um ano e meio, o diretor de arte Bogdan Tedorescu filmou com um drone imagens de todos os lugares do país que visitou. Assim apareceu o projeto “Up and Above #2016”, que mostra o quanto a Romênia é bonita vista do alto.

Indiferente se é apenas uma escapada de fim de semana ou se sai de férias por um tempo maior, Bogdan Teodorescu não tira o drone do porta-malas. “Às vezes eu me deparava com algo interessante enquanto seguia viagem e então parava imediatamente e levantava o drone. Da última vez, uns fardos de feno num campo  imenso, lá pelo País Székely, quando o sol se punha. Extraordinário. Até quando fui pescar no Delta do Danúbio, quando a bagagem via de regra é muita, tive que deixar em casa alguns apetrechos só para poder levar o drone. No fim das contas, acho que valeu a pena”, ele conta.

Começou a viajar mais pela Romênia depois do nascimento da filha. “É uma ironia do destino, antes de ter uma filha eu não fui para tantos lugares assim. E agora eu me critico por isso, porque temos um país muito bonito. É bem verdade que temos que cavoucar bastante atrás de lugares que ainda não sejam muito explorados do ponto de vista turístico, e que depois se tornem supersaturados, como é todo o Vale do Prahova, por exemplo. Mas, provavelmente, se eu antes já tivesse perambulado por toda a Romênia, agora não teria a mesma empolgação de sair por aí e filmar”, diz Bodan Teodorescu.

Um filme que fez durante o verão com sua filha o levou a dar um sentido às imagens que tinha captado em diferentes lugares do país e criar o filme “Up and Above #2016”. “Reconheço que não pensei nisso logo no começo. Fui no Castelo dos Corvin de Hunedoara, filmei. Em Viscri, mesma coisa. Inicialmente eu só queria filmar o máximo de material possível. Depois das férias de verão, fiz um filme com minha filha na praia. Foi então que me veio a ideia. E se eu selecionasse as melhores cenas de todo material bruto?”.

Seu desejo é de, até o ano 2020, percorrer a Romênia de cabo a rabo. “Tendo em vista que fiz questão de que o filme de 2016 não ultrapassasse 3 minutos, tenho de sobra ótimas cenas que pretendo incluir em 2017. Gostaria que o próximo episódio incluísse mais do  norte do país, também Orșova não pode ficar de fora, por causa da estátua de Decébalo”, explica.

Paralelamente, pensa na possibilidade de “Up and Above” se transformar numa plataforma open source para promover a Romênia. “Gostaria que reuníssemos imagens de mais pessoas, tanto imagens feitas com drones quanto terrestres mesmo, e então fazermos juntos algo mais complexo. Penso que o produto final seria mais espetacular do que qualquer folha* ou vídeo oficial que promovesse a Romênia. Mas é só uma ideia, por enquanto”, diz o diretor de arte de 32 anos de idade.

*Refere-se ao controverso logotipo escolhido pelo Ministério do Turismo em 2010, uma folha, como símbolo representativo da Romênia.

 

 

One Reply to ““Up and Above #2016””

  1. Muito lindo o filme, tomara que prossiga com seu projeto ampliado.

Deixe uma resposta